Sustentabilidade

  • A São Carlos é pioneira em empreendimentos sustentáveis no Brasil e mantém o compromisso de buscar excelência na qualidade dos serviços prestados a seus Clientes, garantindo-lhes maior eficiência na operação e mínimo impacto ao meio ambiente.

  • O Centro Administrativo Rio Negro, localizado em Alphaville, foi certificado LEED O+M SILVER em 2011, sob gestão da São Carlos. O empreendimento foi um dos primeiros a obter o selo de sustentabilidade na região e, com isso, garantir a seus ocupantes o uso otimizado dos recursos hídricos e grande eficiência energética, se comparado a empreendimentos similares.

  • O Candelária 62 foi o primeiro empreendimento carioca a obter a certificação de sustentabilidade QUALIVERDE, criada pela Prefeitura do Rio de Janeiro. Após um extenso retrofit, o Candelária 62 passou a contar com novo e moderno sistema de ar condicionado central, novos elevadores, novas janelas de elevada capacidade de isolamento acústico, novo e eficiente sistema de iluminação com lâmpadas em LED, novo sistema de tratamento de esgoto e captação de águas pluviais. Atualmente, a operação do Candelária 62 utiliza apenas água de reuso, o que torna o empreendimento altamente eficiente e sustentável.

  • Em 2013, o Condomínio City Tower recebeu o certificado LEED na categoria Existing Buildings (EB), atualmente designada LEED O+M (Operation+Maintenance), tornando-se o primeiro edifício multiusuário no Rio de Janeiro a obter a certificação LEED O+M GOLD. Os investimentos realizados no empreendimento para torna-lo mais eficiente e sustentável incluíram a substituição da iluminação por LED, reuso de águas pluviais, implantação de um telhado verde e instalação de medidores individuais de água e energia nas unidades privativas.

  • Em 2014, a empresa é consagrada com mais uma certificação do LEED®E&B Silver no Edifício Corporate Plaza, em São Paulo. Entre as mudanças feitas no edifício estão a renovação do ar interno; a manutenção geral de infiltrações e eficiência do ar-condicionado; coleta seletiva; e o uso de canecas próprias, em substituição aos copos descartáveis.

  • O empreendimento Eldorado Business Tower, construído pela Gafisa em parceria com a São Carlos, foi o primeiro edifício corporativo a obter a certificação LEED Core&Shell na categoria Platinum na América Latina. Pioneiro na utilização de tecnologias que aumentam a eficiência e otimizam o uso de recursos, tais como o sistema setorizado de ar condicionado central e o moderno sistema de elevadores com capacidade de regeneração da energia dissipada na frenagem, o Eldorado Business Tower continua sendo, mesmo após 10 anos de sua construção, um dos mais eficientes empreendimentos do Brasil.

  • A Torre A do EZ Towers é o primeiro edifício corporativo multiusuário na América Latina a receber a certificação LEED O+M Platinum. Para receber o selo LEED O+M, a Torre A do EZ Towers foi avaliada sob diversos aspectos de sustentabilidade, tais como eficiência no uso de água e de energia, qualidade do ambiente interno, inovação na operação, geração e reciclagem de resíduos, entre outros, recebendo, ao final, uma pontuação de 0 a 110. A mais elevada categoria deste selo é a "Platinum", que exige uma pontuação igual ou superior a 80 pontos. Além do selo LEED O+M Platinum, a Torre A do EZ Towers também possui a certificação LEED CORE&SHELL Gold e o selo Guiaderodas, que certifica imóveis com alto nível de acessibilidade.

  • Em 2015, a companhia conquista seu 6º selo de sustentabilidade com a certificação LEED® Core & Shell Versão 3 Nível Gold do Jardim Europa. Entre as benfeitorias estão: captação de água de chuva com a redução de 100% do consumo de água para irrigação; reaproveitamento dos elementos estruturais existentes com a redução de 91,4% da necessidade de demolição, entre outros.

  • O empreendimento Venezuela 43 foi o primeiro a ser entregue na região portuária do Rio de Janeiro, em 2013, já certificado como LEED Core&Shell GOLD. O empreendimento conta com um eficiente e moderno sistema de iluminação, adota o reuso de água pluvial, possui um bicicletário e espaços verdes, como um jardim no terraço. Além disso, durante a obra, foram adotados procedimentos rigorosos de controle de poluição, gestão de resíduos e otimização de recursos.

Enviar a um Amigo